×

Especialistas advertem: nematoides representam ameaça à agricultura

Especialistas advertem: nematoides representam ameaça à agricultura

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

Especialistas Alertam para os Danos Causados pelos Nematoides na Agricultura Brasileira
Os nematoides, vermes parasitas, representam uma ameaça significativa para diversas culturas, com uma presença notável nas plantações de soja em estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, o Triângulo Mineiro e várias regiões do Norte e Nordeste do Brasil. Esses organismos complexos se alimentam dos nutrientes das plantas, prejudicando seu crescimento e desenvolvimento, resultando em sintomas como o amarelecimento das folhas e o baixo rendimento.

De acordo com dados da Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN), a presença desses parasitas nos campos agrícolas resulta em prejuízos estimados em cerca de R$ 35 bilhões anualmente. A cultura mais afetada é a soja, responsável por metade das perdas, totalizando aproximadamente R$ 16 bilhões.
Rosangela Silva, pesquisadora na Fundação Mato Grosso (Fundação MT), observa que, além do nematoide do cisto da soja, que é o mais conhecido e predominante na maioria das áreas produtoras, algumas raças desse nematoide têm se proliferado nas grandes plantações de soja. Além disso, outras espécies, como o nematoide reniforme, que afeta diversas plantas, incluindo o algodoeiro, também têm aumentado sua presença.

Este é um problema significativo que impacta negativamente os resultados da agricultura, reduzindo a produtividade das plantações e causando prejuízos aos produtores, muitas vezes tornando a safra inviável. Silva enfatiza a importância da identificação precoce da espécie e, no caso do nematoide do cisto, da identificação da raça, para planejar estratégias de convívio e prevenção futura.
Atualmente, o mercado oferece soluções para tornar as raízes das plantas menos suscetíveis ao ataque desses vermes, o que tem contribuído para o controle. Além disso, o melhoramento genético desempenha um papel fundamental na garantia de colheitas produtivas, através do desenvolvimento de variedades resistentes.

Eduardo Kawakami, chefe de P&D na TMG – Tropical Melhoramento & Genética, uma empresa brasileira de soluções genéticas para culturas como algodão, soja e milho, destaca a crescente necessidade de investimento em pesquisa genética para reduzir os prejuízos aos produtores. Ele ressalta que o uso de estratégias de pesquisa para o desenvolvimento de variedades resistentes é essencial para garantir safras mais produtivas, seguras e sustentáveis, desde que os agricultores sigam as recomendações de plantio e manejo.
Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário