×

EUA ampliam programa de status legal para 472 mil imigrantes venezuelanos

EUA ampliam programa de status legal para 472 mil imigrantes venezuelanos

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
Os Estados Unidos anunciaram nesta quinta-feira (21) uma significativa expansão do programa que oferta o Status de Proteção Temporária (TPS, na sigla em inglês) para os venezuelanos que buscam asilo no país.
Com a ampliação, cerca de 472 mil pessoas que deixaram o país sul-americano em busca de uma vida melhor no território americano terão a oportunidade de trabalhar e residir legalmente nos Estados Unidos sob a proteção desse programa.
Antes da decisão anunciada pelo governo dos EUA nesta quinta, apenas os venezuelanos que estavam nos Estados Unidos desde março de 2021 eram elegíveis para o TPS. Com a mudança, todos os venezuelanos que tenham residido continuamente no território americano desde 31 de julho de 2023 poderão se beneficiar do programa.
A ampliação do TPS representa um aumento significativo em relação ao número anterior de pessoas elegíveis, que era de apenas 242,7 mil pessoas.
Essa iniciativa do governo americano é uma resposta à crescente instabilidade na Venezuela e à falta de segurança no país liderado pelo ditador Nicolás Maduro.
O TPS é um programa de imigração criado em 1990 que concede uma autorização extraordinária de permanência a imigrantes de nações afetadas por conflitos armados, desastres naturais, epidemias ou outras condições que tornem perigoso o retorno deles aos seus países de origem.
“O Status de Proteção Temporária oferece proteção contra a deportação para indivíduos que já estão presentes nos Estados Unidos quando as condições em seu país de origem impedem seu retorno seguro,” disse o Secretário de Segurança Interna dos EUA, Alejandro Mayorkas, por meio de um comunicado.
“Essa é a situação em que já se encontravam os venezuelanos que chegaram aqui antes de 31 de julho deste ano”, lembrou.
Além da extensão do programa, o governo dos Estados Unidos também renovou o TPS para os venezuelanos por um período de 18 meses, com a possibilidade de prorrogação futura, como já ocorreu em várias ocasiões no passado.
A expansão do TPS para a Venezuela permitirá que os cidadãos do país que têm chegado irregularmente aos Estados Unidos em número recorde nos últimos dois anos regularizem temporariamente sua situação. (Com Agência EFE)
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário