×

Pacheco defende que instituto da reeleição “não foi bom para o país”

Pacheco defende que instituto da reeleição “não foi bom para o país”

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta segunda-feira (25) que é contra a reeleição para cargos do Executivo. O senador defendeu que a emenda constitucional nº 16, de 1997, que autorizou a reeleição no Executivo, não foi boa para o Brasil.
“Eu indago, o instituto da reeleição no poder Executivo: fez bem ao Brasil? A minha percepção é de que não foi bom para o país. Quando se coloca no colégio de líderes, todos tendem a acreditar que o fim da reeleição seja bom para o Brasil”, disse Pacheco a jornalistas durante a Conferência Hemisférica de Seguros da Federação Interamericana das Empresas de Seguros (Fides), realizada no Rio de Janeiro.
“Aquele mandatário que tem a oportunidade de governar, por vezes, deixa de tomar as atitudes que deve tomar, às vezes impopulares, às vezes antipáticas, em função desse critério da reeleição”, apontou.
O senador ressaltou que “não tem pressa” em pautar a votação da minirreforma eleitoral. O texto da proposta foi encaminhado nesta segunda à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Para que as mudanças previstas no projeto passem a valer na eleição do ano que vem, o texto precisa ser sancionado até 6 de outubro.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: G Bahia

Publicar comentário