×

Fundação George Soros planeja demissão de 40% dos funcionários com nova gestão

Fundação George Soros planeja demissão de 40% dos funcionários com nova gestão

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
A instituição filantrópica Open Society Foundations (OSF), criada pelo bilionário George Soros e administrada por seu filho mais novo, Alexander Soros, desde junho, passará por uma mudança em suas operações, começando com a demissão de, no mínimo, 40% dos funcionários da fundação.
De acordo com o portal Bloomberg Linea, ainda não há muitos detalhes sobre todas as transformações que serão implementadas na Open Society, mas o novo gestor já afirmou que, entre as novas ações, está a de interromper por cinco meses novas doações da instituição.
“As mudanças têm como objetivo maximizar o impacto da Open Society em ajudar a combater as forças que ameaçam as sociedades abertas e livres”, afirmaram Alexander Soros e o presidente da OSF, Mark Malloch-Brown, por meio de um comunicado conjunto.
Em 2021, a OSF tinha em seu quadro aproximadamente 1700 empregados, mas após as recentes mudanças, o número atualizado cairá para menos de 500 pessoas.
A fundação de George Soros possui um patrimônio de US$ 25 bilhões (R$ 126 bilhões, na cotação atual), sendo considerada uma das maiores defensoras de causas progressistas no mundo, financiando organizações abortistas, ambientalistas e favoráveis à descriminalização de drogas. Ao todo, são mais de US$ 1 bilhão por ano doados para essas causas.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário