×

Congresso aprova liberação de R$ 3 bilhões do Orçamento da União para ministérios e órgãos internacionais

Congresso aprova liberação de R$ 3 bilhões do Orçamento da União para ministérios e órgãos internacionais

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
Em sessão conjunta, nesta quarta-feira (8), os senadores e deputados federais aprovaram 8 projetos de lei do Congresso Nacional (PLNs) que abrem créditos extraordinários e suplementares a diversos órgãos federais e para contribuições a organismos internacionais. No total, serão liberados R$ 3 bilhões no Orçamento da União.
Uma das propostas apresentadas pelo Poder Executivo é o que garante R$ 1,296 bilhão para os caixas dos Ministérios da Agricultura e Pecuária, da Educação, de Minas e Energia, da Saúde, e da Integração e do Desenvolvimento Regional.
Também foi aprovado um reforço orçamentário no valor de R$ 483 milhões para doze órgãos federais e das Operações Oficiais de Crédito.
Pela proposta, os recursos do reforço orçamentário serão divididos da seguinte forma:
Um dos projetos aprovados prevê crédito especial de R$ 89,3 milhões no Orçamento para que o Brasil pague contribuições devidas a organismos internacionais. De acordo com a proposta, o dinheiro será usado pelo Ministério do Planejamento para o pagamento de contribuição aos seguintes órgãos internacionais:
Houve também a aprovação de um crédito especial para os ministérios da Justiça, dos Transportes, da Integração, das Cidades, e de Portos e Aeroportos no valor de R$ 126,68 milhões. E a destinação de crédito especial de R$ 632,1 milhões para a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), de R$ 180 milhões para o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e de R$ 80 milhões para o Ministério da Defesa.
Os parlamentares ainda aprovaram o remanejamento de R$ 39,7 milhões entre setores do Comando do Exército, com o objetivo de reforçar despesas com a duplicação da rodovia GO-213; mais um crédito suplementar de R$ 26 milhões para a Companhia Docas do Rio de Janeiro, mais conhecida como PortosRio; e também o crédito de R$ 22,8 milhões para o Ministério de Ciência e Tecnologia investir em segurança nuclear.
Com informações da Agência Senado
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte Gazeta do Povo

Publicar comentário