×

Fatores externos empurram milho na B3

Fatores externos empurram milho na B3

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

Com alta do dólar, exportações crescentes e bolsa internacional, o milho subiu nesta quinta-feira na Bolsa de Mercadorias de São Paulo (B3), de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Por mais um dia, os contratos de milho fecharam com oscilações positivas na Bolsa de Valores no Brasil. A alta, desta vez, veio sustentada pelo dólar e pelo cenário de exportação, já que este contribui ao que temos comentado aqui, ou seja, maiores volumes para exportação principalmente neste fechamento de ano”, comenta.

“A moeda oscilou até cerca de R$ 5,1708 na tarde de hoje, e fechou cotada a R$ 5,154 na venda, em uma oscilação de 0,03 pontos abaixo dos níveis de ontem. Na Bolsa de Chicago, também um tom mais positivo, onde as reações foram diante de bons números de exportação: de acordo com o USDA, 95,6 milhões de bushels foram comercializados, o que representa quase o triplo de exportações da semana anterior”, completa.

Diante deste quadro, as cotações futuras fecharam em alta. “O vencimento de novembro/23 foi de R$ 60,84, alta de R$ 0,93 no dia, alta de R$ 2,27 na semana; janeiro/24 fechou a R$ 64,81, alta de R$ 0,92 no dia, alta de R$ 2,19 na semana; o vencimento março/24 fechou a R$ 68,80, alta de R$ 1,08 no dia e alta de R$ 2,37 na semana”, indica.

Na Bolsa de Chicago, o milho fechou em alta com bons dados de exportação. “A cotação para dezembro23, a principal data negociada nos EUA, fechou em alta de 2,37 % ou $ 11,50 cents/bushel a $ 497,50. A cotação de março24, referência para a nossa safra de verão, fechou em alta de 2,25 % ou $ 11,25 cents/bushel a $ 512,25. Fortes vendas externas dos Estados Unidos também impulsionaram as cotações. De acordo com o USDA, exportadores venderam 1,816 milhão de toneladas de milho da safra 2023/24 na semana encerrada em 28 de setembro”, conclui.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário