×

TCU aponta irregularidades em serviços de exportação do BNDES

TCU aponta irregularidades em serviços de exportação do BNDES

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O Tribunal de Contas da União (TCU) analisou nesta quarta-feira (4) um processo sobre operações de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) à exportação de serviços em empreendimentos rodoviários realizados no exterior de 2013 a 2016. As informações foram divulgadas pelo Poder 360.
No relatório, apresentado pelo ministro Augusto Sherman, foram identificados desvios de finalidade de recursos do banco em 67 operações de financiamento. Sherman apontou falhas nos pedidos de financiamentos de exportações, que caracterizam um “erro grave do banco” por não questionar e nem identificar os produtos exportados.
“Os documentos exigidos pelo BNDES não eram aptos a comprovar a maior parte das exportações. Por meio dessa documentação, não há sequer indicação dos itens que foram exportados, tornando impossível saber onde foram aplicados os recursos do banco”, disse Sherman.
Segundo o ministro, o banco foi alertado diversas vezes sobre essa precariedade de sua governança e dificultou o acesso dos dados ao TCU. O tribunal só teve acesso aos registros para a auditoria depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).
Após apresentação do processo, os ministros do TCU solicitaram vista coletiva por um prazo de até 60 dias.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte Gazeta do Povo

Publicar comentário