×

Fernández processa Milei por declarações sobre o peso e o dólar

Fernández processa Milei por declarações sobre o peso e o dólar

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O presidente da Argentina, Alberto Fernández, apresentou nesta quarta-feira (11) uma denúncia à Justiça Federal contra o candidato libertário à presidência Javier Milei e o candidato da coalizão deste ao Governo da Cidade de Buenos Aires, Ramiro Marra, após comentários que ambos fizeram sobre o peso argentino e o dólar.
No início da semana, Milei declarou que a moeda argentina é “um excremento” e Marra publicou uma mensagem no mesmo sentido nas redes sociais. “Hoje, mais do que nunca, não economize em pesos. Cuide do seu dinheiro, custou muito para você ganhá-lo”, escreveu.
Os peronistas, cujo candidato à presidência é o ministro da Economia, Sergio Massa, já vinham culpando Milei pela corrida em busca de dólares e pela disparada do dólar paralelo na Argentina na terça-feira (rompendo a barreira dos mil pesos), e agora veio a denúncia de Fernández.
Segundo o jornal Clarín, na ação, o presidente peronista argumenta que as declarações de Milei e Marra “constituem uma grave afronta ao sistema democrático que nos governa como país, resultando numa gravidade institucional incomum para a República”.
No X, Milei respondeu. “A casta [política] tem medo… a liberdade avança. Viva a liberdade, c*!”, escreveu. Marra também criticou a decisão de Fernández de denunciar os dois candidatos e ironizou o sumiço do atual presidente durante a campanha para a eleição de 22 de outubro.
“Inédito. O ‘presidente’ apareceu. Infelizmente, para fazer idiotices e não para governar. A liberdade avança”, disse, também nas redes sociais.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário