×

Conselho Nacional de Previdência Social reduz juros para empréstimos consignados do INSS

Conselho Nacional de Previdência Social reduz juros para empréstimos consignados do INSS

Teto para empréstimos com desconto em folha foi reduzido de 1,91% para 1,84%. Operações de cartão de crédito consignado também tiveram o índice máximo ajustado, de 2,83% para 2,73%. O Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) aprovou nesta quarta-feira (11) uma nova redução nos limites das taxas de juros para empréstimos consignados dos beneficiários do INSS.
O teto para empréstimos com desconto em folha foi reduzido de 1,91% para 1,84%.
Para operações nas modalidades de cartão de crédito e cartão de crédito consignado, o índice máximo foi ajustado de 2,83% para 2,73%.
As alterações nas taxas máximas de juros entrarão em vigor na próxima segunda-feira (23).
De acordo com o Ministério da Previdência, as mudanças acompanham as recentes quedas na taxa Selic.
O Conselho Nacional da Previdência Social também estabeleceu que as instituições financeiras devem fornecer um auxílio funeral mínimo e seguro de vida para os beneficiários do INSS.
O prazo para os bancos se adaptarem a essas novas exigências é de 30 dias.
INSS publica instrução que permite aos bancos retomar crédito consignado para quem recebe BPC
Reações dos bancos
Em março, o CNPS decidiu reduzir o teto dos juros do consignado convencional para beneficiários do INSS de 2,14% para 1,70%, o que gerou um impasse com os bancos.
Na época, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e outros bancos privados suspenderam temporariamente a oferta desse crédito, afirmando que as taxas não cobririam os custos da operação
O conselho então aprovou um ‘meio termo’, e o teto ficou estabelecido em 1,97%. Em agosto, houve nova redução.
Nesta quarta, após a decisão do conselho, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e a Associação Brasileira de Bancos (ABBC) criticaram a redução das taxas.
source
Fonte: G1

Publicar comentário