×

Soja se repete no Centro-Oeste

Soja se repete no Centro-Oeste

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

No mercado da soja do estado do Mato Grosso do Sul os preços se repetem novamente, com negócios na apatia costumeira, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Cenário segue sem mudanças de expectativa diante de um dia quase completamente parado em termos de negócios. Por quase toda a semana os preços continuaram iguais, marcando movimentos negativos apenas na quarta-feira e então voltando a inércia anterior”, comenta.

“No momento não há nenhuma perspectiva de mudança, o produtor está muito calmo. Todos os preços marcaram manutenção – em Dourados os preços foram cotados a R$ 128,00. Em Maracaju o preço foi a R$ 126,00. Em Sidrolândia o preço foi de R$ 125,00. Em Campo Grande o preço foi de R$ 128,00 e em Chapadão do Sul o preço foi a R$ 124,00”, completa.

Preços marcam baixas gerais de até R$ 1,30/saca no Mato Grosso e os negócios seguem na mesma. “Regiões de Mato Grosso marcam baixas de preços, com o produtor continuando com movimentações bastante amenas e foco na plantação. Agora com o nível de água e temperatura em bons pontos para as plantações, em especial na região sul do Estado, se vê velocidade nos processos de campo, algo que se mostra lógico diante da diminuição temporária da demanda”, indica.

“Todos os preços marcaram baixa, com isso – Campo Verde a R$ 124,30 perdendo R$ 0,50/saca. Lucas do Rio Verde a R$ 120,00 após baixa de R$ 0,50/saca. Nova Mutum a R$ 121,80 após baixa de R$ 0,40/saca. Primavera a R$ 125,80 após baixa de R$ 0,60/saca. Rondonópolis a R$ 126,50 com queda de R$ 1,30/saca. Sorriso, por fim, a R$ 119,20 após queda de R$ 0,50/saca”, conclui.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário