×

Presidente da EBC é demitido após compartilhar xingamento a apoiadores de Israel

Presidente da EBC é demitido após compartilhar xingamento a apoiadores de Israel

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Hélio Doyle, foi demitido nesta quarta-feira (18) após compartilhar uma mensagem nas redes sociais que chama os apoiadores de Israel de “idiotas”. Doyle repostou em seu perfil no X (antigo Twitter) uma mensagem originalmente publicada pelo ilustrador brasileiro Carlos Latuff.
“Não precisa ser sionista para apoiar Israel. Ser um idiota é o bastante”, diz a postagem. Nas redes sociais, Doyle se declara pró-Palestina. No último dia 7, o grupo terrorista Hamas atacou Israel, a ação deu início a uma nova guerra no Oriente Médio. O conflito já causou a morte de milhares de israelenses e palestinos.
Doyle foi indicado para o cargo pelo governo Lula no final de janeiro deste ano e assumiu a presidência da EBC em fevereiro. Ele recebia um salário bruto de mais de R$ 29 mil, em maio seu salário bruto foi de quase R$ 35 mil, segundo o portal da transparência da EBC.
Nas redes sociais, Doyle afirmou que o ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Paulo Pimenta, disse que a “repostagem e sua repercussão na imprensa criaram constrangimentos ao governo”.
“O ministro Paulo Pimenta me manifestou hoje seu descontentamento por eu ter repostado, no X , postagem de terceiro acerca do conflito no Oriente Médio. Disse-me que a referida repostagem e sua repercussão na imprensa criaram constrangimentos ao governo, que mantém posição de neutralidade no conflito,em busca da paz e da proteção aos cidadãos brasileiros”, afirmou.
“Diante disso, pedi desculpas e comuniquei que deixo a presidência da EBC, agradecendo ao ministro Pimenta e ao presidente Lula pela confiança em mim depositada por todos esses meses”, acrescentou.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: G Bahia

Publicar comentário