×

O que faz a soja subir em Chicago?

O que faz a soja subir em Chicago?

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

A soja fechou novamente em alta Na Bolsa de Chicago, com a perspectiva de redução de safra no Brasil e as boas vendas do farelo de soja, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para novembro23, a principal data negociada nos EUA, fechou em alta de 0,34 %, ou $ 4,50 cents/bushel a $ 1315,50”, comenta a consultoria.

“A cotação de maio24, referência para a safra brasileira, fechou em alta de 0,02 % ou $ 0,25 cents/bushel a $ 1351,50. O contrato de farelo de soja para dezembro fechou em alta de 2,22 % ou $ 9,2 ton curta a $ 423,0 e o contrato de óleo de soja para dezembro fechou em baixa de -3,19 % ou $ -1,75/libra-peso a $ 53,11”, completa.

O mercado está atento às dificuldades do plantio no Brasil. “A Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso (Aprosoja/MT) disse que as altas temperaturas dos últimos dias no Estado estão prejudicando o plantio de soja, que está autorizado desde o dia 16. Bons dados da exportação semanal também ajudaram a manter o grão no campo positivo. Das 1,372 milhão de toneladas da safra 2023/24 vendidas na semana, 946,7 mil toneladas foram negociadas com a China”, indica.

“Além disso, o farelo de soja está dando sustentação às cotações. A nova alta de 2,22% é a quarta consecutiva. A demanda externa explica a alta do dia. As vendas semanais, de 437,4 mil toneladas relatadas pelo USDA, ficaram muito próximas do teto estimado pelo mercado. Movimento contrário ao do óleo de soja, que está na terceira queda consecutiva, acumulando -1,41% de queda nos três dias. O USDA informou vendas semanais de 4,1 mil toneladas, volume perto do meio termo esperado pelo mercado. Nessa gangorra de alta do farelo e baixa do óleo de soja, o grão ficou com um pequeno saldo positivo”, conclui.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário