×

Exército de Israel anuncia a morte de mais um membro do Hamas ligado aos ataques do dia 7

Exército de Israel anuncia a morte de mais um membro do Hamas ligado aos ataques do dia 7

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O Exército de Israel anunciou nesta sexta-feira (20) que matou Mahmud Sabih, responsável operacional do grupo terrorista islâmico palestino Hamas, especializado no desenvolvimento de armas de alta tecnologia.
Segundo autoridades israelenses, Sabih liderava o departamento de desenvolvimento de projetos do Hamas, que foi um dos responsáveis pelos ataques terroristas ocorridos contra o território de Israel no último dia 7 de outubro.
O departamento, segundo o Exército israelense, desempenhou um papel fundamental no aumento das capacidades armamentistas do Hamas, trocando conhecimentos com organizações terroristas em todo o Oriente Médio. Mahmud Sabih também facilitou a transferência de informações relacionadas à produção de armas e veículos aéreos não tripulados para o Hamas.
Paralelamente a isso, o grupo terrorista libanês Hezbollah anunciou nesta sexta-feira que realizou cinco novos ataques contra o norte de Israel, marcando mais um dia de intensos confrontos na fronteira entre o Líbano e o Estado israelense. Os ataques, a maioria envolvendo lançamentos de mísseis, ocorreram nas fazendas de Shebaa e nas colinas de Kfar Chouba, territórios disputados pelo Líbano.
Por meio de um comunicado, o grupo terrorista detalhou que o primeiro ataque, ocorrido na tarde desta sexta-feira, foi realizado por meio do lançamento de mísseis teleguiados e “armas apropriadas” em direção aos postos militares israelenses.
Outros três ataques com mísseis foram realizados pelos extremistas, que visaram atingir posições e uma força de infantaria próxima a um quartel de Israel. Um quinto ataque não especificado foi direcionado contra uma formação de soldados israelenses.
As Forças de Defesa de Israel (FDI) não comentaram os ataques. O Hezbollah alega que alguns dos ataques resultaram em baixas para as forças israelenses.
Há crescentes preocupações de que o Líbano possa se tornar uma segunda frente no conflito entre Israel e os grupos terroristas de Gaza. (Com Agência EFE)
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário