×

Como está o milho no Sul?

Como está o milho no Sul?

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

No mercado do milho do estado do Rio Grande do Sul a principal notícia do milho é o plantio, que atingiu 70%, segundo o que informa a TF Agroeconômica. “O relatório semanal, divulgado hoje pela EMATER-RS, registrou que o plantio avançou, atingindo 70% da área projetada. A maioria das lavouras encontra se em estágio de germinação e desenvolvimento vegetativo (99%), enquanto 1% já ingressaram no período reprodutivo. A semana foi marcada por maior incidência de luz solar, favorecendo o rápido crescimento e o desenvolvimento vigoroso das plantas”, comenta.

“Relatos de dia parado em diferentes regiões do estado. As cotações se mantêm. As indicações das indústrias foram de R$ 61,00 e 62,00 CIF Fábricas, na grande maioria de locais, e contra ofertas que começam a R$ 63,00 interior. Preços de pedra, em Panambi, mantiveram-se em R$ 52,00 a saca. No porto, indicações de R$ 65,00 sobre rodas, para milho futuro, entrega fevereiro 24 e pagamento março 24”, completa.

Santa Catarina tem mercado lento, com negócios apenas para pequenas granjas. “Poucos negócios relatados em Santa Catarina, mercado segue lento apenas para manutenção de pequenas criações. Muitos compradores declaram-se abastecidos até meados ou mesmo final de novembro, e a previsão é que não busquem por milho no mercado tão cedo. Ouvimos relatos de pessoas querendo comprar, mas sem vendedor disponível Comprador entre 60 e 61 + ICMS. O vendedor local está esperando a indústria subir mais os valores para pensar em vender, conforme aposta de uma grande industria local”, indica.

Vendas pontuais começaram a aparecer no Paraná, já que o plantio está próximos da reta final. “Foram ouvidas compras de produtores que somam entorno de 15k nessa semana. O Fob no norte do estado está em níveis de 52/53 para pagamento em 30 dias. Granjeiros chegaram a pagar 54 CIF, em um volume de até 10 k. Pequenos lotes voltaram a rodar. Indicações no interior CIF de R$ 52 no sudoeste; R$ 53,00 em Londrina, Pato Branco e Maringá; R$ 54,00 em Ponta Grossa; R$ 52,00 em Cascavel e R$ 49,00 em Toledo. Na exportação, entre as poucas indicações, média de R$ 61,20 no outubro e R$ 62,30 novembro”, conclui.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário