×

Perdas de grãos da Ucrânia podem ultrapassar US$ 3,2 bi

Perdas de grãos da Ucrânia podem ultrapassar US$ 3,2 bi

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

A Ucrânia, um dos principais produtores e exportadores agrícolas globais, poderá sofrer perdas de grãos e oleaginosas superiores a US$ 3,2 bilhões este ano em meio à guerra com a Rússia, que aumentou drasticamente os custos de produção e logística, segundo a Reuters.

O país, que está entre os maiores exportadores mundiais de trigo, milho, cevada e óleo de girassol, tem desfrutado tradicionalmente de um sector agrícola lucrativo. As autoridades e os agricultores ucranianos não comunicaram resultados financeiros em 2022.
Antes da invasão russa em fevereiro de 2022, a Ucrânia enviava a maior parte das suas exportações através de portos de águas profundas no Mar Negro, que foram total ou parcialmente bloqueados desde então. As oportunidades limitadas de exportação através de pequenos portos do Rio Danúbio e do transporte ferroviário para a Europa Oriental multiplicaram os custos logísticos e reduziram os preços que os comerciantes podem oferecer aos agricultores.

Os encerramentos dos portos também levaram a um aumento acentuado no preço dos combustíveis importados, sementes, fertilizantes e peças sobressalentes para maquinaria agrícola. O aumento dos custos está a prejudicar os resultados financeiros e a ameaçar reduzir ainda mais as áreas plantadas nos próximos anos.
O Conselho Agrário, o maior grupo de agronegócio da Ucrânia, disse que o custo da produção de trigo em 2023 foi de cerca de 146 dólares por tonelada, com um preço médio de venda de 102 dólares. Os agricultores gastam US$ 149 para cultivar milho e podem vendê-lo por US$ 94. O Conselho afirmou que em 2023, mesmo a produção de girassol e colza não seria lucrativa e apenas a soja daria algum lucro aos agricultores.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário