×

Quanto custa o 'uísque mais caro do mundo' que vai a leilão no Reino Unido

Quanto custa o 'uísque mais caro do mundo' que vai a leilão no Reino Unido


O barril foi destilado em 1926 e envelhecido em tonéis de xerez durante seis décadas antes de ser engarrafado em 1986. Apenas 40 garrafas foram produzidas. O uísque Macallan Adami 1926 será leiloado na Sotheby’s de Londres no dia 18 de novembro.
Tristan Fewings via BBC
Uma garrafa de uísque single malt da destilaria The Macallan será leiloada em novembro e tem um preço estimado em até 1,2 milhão de libras esterlinas, o equivalente a R$ 7,3 milhões, segundo informou a casa de leilões Sotheby’s.
De acordo com especialistas, o Macallan 1926 era conhecido por ser o uísque escocês mais procurado. Isso foi confirmado quando uma garrafa semelhante foi vendida em 2019 pelo valor recorde de 1,5 milhão de libras (R$ 9,2 milhões).
Essa venda será a primeira de uma garrafa desse barril desde então.
O famoso barril foi destilado em 1926 e envelhecido em tonéis de xerez durante seis décadas antes de ser engarrafado em 1986.
Apenas 40 garrafas foram produzidas e não foram disponibilizadas para compra — em vez disso, algumas foram oferecidas aos principais clientes da The Macallan.
Os valores arrecadados nos leilões dessas garrafas ao longo dos anos foram extraordinários.
O Macallan Adami 1926 será vendido na Sotheby’s, em Londres, no dia 18 de novembro, com uma estimativa de valor de 750 mil libras (R$ 4,6 milhões) a 1,2 milhão de libras (R$ 7,3 milhões).
Jonny Fowle, chefe global de bebidas exóticas da Sotheby’s, disse: “O Macallan 1926 é o uísque que todo leiloeiro deseja vender e que todo colecionador deseja possuir”.
“Estou entusiasmado por levar uma garrafa a um leilão da Sotheby’s pela primeira vez desde que estabelecemos o recorde desta série há quatro anos”, disse.
Jonny Fowle, chefe global de bebidas exóticas da Sotheby’s, disse: ‘O Macallan 1926 é o uísque que todo leiloeiro deseja vender’.
Tristan Fewings via BBC
A Sotheby’s disse que as 40 garrafas do barril de 1926 foram rotuladas de maneiras diferentes. Um número máximo de 14 foram decoradas com os rótulos icônicos Fine e Rare (Fino e Raro), um dos quais foi a garrafa recorde vendida em 2019.
Duas garrafas foram lançadas sem nenhum rótulo. Destas, uma foi pintada à mão pelo artista irlandês Michael Dillon. Quando vendida em 2018, tornou-se a primeira garrafa de uísque a ultrapassar o valor de 1 milhão de libras (cerca de R$ 6 milhões).
Das garrafas restantes, 12 foram rotuladas pelo artista pop Peter Blake e outras 12 foram desenhadas pelo pintor italiano Valerio Adami.
Embora tenham sido produzidas 12 garrafas de The Macallan Adami 1926, não se sabe quantas delas ainda existem.
Diz-se que uma delas foi destruída em um terremoto no Japão em 2011, e acredita-se que pelo menos uma tenha sido aberta e consumida.
source
Fonte: G1

Publicar comentário