×

Coalizão de Milei ganha força no Congresso; grupo de Macri é o grande perdedor

Coalizão de Milei ganha força no Congresso; grupo de Macri é o grande perdedor

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
Dos três grandes blocos políticos que disputam as eleições gerais da Argentina este ano, o único que conseguiu mais cadeiras na Câmara dos Deputados foi a coalizão Liberdade Avança, do candidato libertário à presidência Javier Milei.
Neste domingo (22), estavam em disputa 130 dos 257 assentos na Câmara e 24 dos 72 no Senado. A União pela Pátria, do peronista Sergio Massa, conquistou 58 cadeiras na Câmara, perdendo dez assentos.
Já a Juntos pela Mudança, da centro-direitista Patricia Bullrich (que ficou fora do segundo turno) e do ex-presidente Mauricio Macri (2015-2019), conseguiu renovar apenas 31 assentos na casa e perdeu 24.
A Liberdade Avança, por sua vez, que não ocupava nenhuma das 130 cadeiras que estavam em disputa neste domingo, conquistou 35.
Contando as vagas que não estavam em disputa, os peronistas terão agora 108 cadeiras na Câmara; a Juntos pela Mudança terá a primeira minoria, com 94; e a Liberdade Avança passará a ter 38 deputados.
A Juntos pela Mudança também foi a grande derrotada na eleição para o Senado, ao renovar apenas duas de 11 cadeiras.
A União pela Pátria obteve 12 cadeiras, três a mais, e a Liberdade Avança, que não tinha assentos no Senado, conquistou oito.
Dessa forma, a nova composição do Senado argentino terá 34 nomes da União pela Pátria; a Juntos pela Mudança terá 24; e a coalizão de Milei, oito.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário