×

Lula demite presidente da Caixa, Rita Serrano; indicado pelo Centrão, Carlos Fernandes assumirá banco

Lula demite presidente da Caixa, Rita Serrano; indicado pelo Centrão, Carlos Fernandes assumirá banco


Funcionária de carreira do banco, Rita estava no cargo desde janeiro. Centrão pede comando da instituição e quer indicar vice-presidentes em troca de apoio ao governo no Congresso. Rita Serrano e Carlos Antonio Vieira Fernandes
Elaine Menke/Câmara do Deputados e Marcos Oliveira/Agência Senado
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) demitiu nesta quarta-feira (25) a economista Rita Serrano da presidência da Caixa Econômica Federal. A decisão foi comunicada a Rita em reunião no Palácio do Planalto, no fim da manhã.
Funcionária de carreira da Caixa desde 1989, Maria Rita estava desde janeiro como presidente da instituição. Antes, ela participou do Conselho de Administração do banco.
Participe do canal do g1 no WhatsApp
Em nota, o Palácio do Planalto confirmou que o novo presidente da Caixa será o economista e servidor da Caixa Carlos Vieira Fernandes – que já ocupou cargos de confiança em ministérios de partidos do Centrão, em anos anteriores.
Fernandes é indicação do Centrão e conta com o aval do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).
A troca de comando da Caixa já vinha sendo antecipada por interlocutores. A presidência do banco era cobiçada há meses por partidos do Centrão, em troca de apoio ao governo Lula no Congresso.
Lira já havia afirmado que o comando da Caixa estava na negociação para ampliar a base parlamentar do Palácio do Planalto.
Os partidos querem também indicar substitutos para as vice-presidências da Caixa. Lula e Lira, no entanto, ainda devem se reunir ao longo desta semana para confirmar as substituições.
O Centrão é um bloco de partidos que tradicionalmente apoia o governo federal em troca de cargos e recursos do orçamento público.
O comando da Caixa e de outros órgãos públicos, como os Correios e a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), era reivindicado por essas siglas desde julho.
LEIA TAMBÉM
ECONOMIA: Entregadores e motoristas de app ganham 2 salários mínimos e trabalham mais de 40 h por semana, aponta pesquisa
ORIENTE MÉDIO: Israel recusa visto a funcionário da ONU, e secretário-geral nega ter justificado ataque do Hamas; acompanhe
PROFISSÃO REPÓRTER: Jovens viciados em drogas K, que causam ‘efeito zumbi’, consomem substância em terminal de ônibus de SP; veja VÍDEO
A reportagem abaixo, de julho, mostra o pedido do Centrão para comandar ministérios.
Centrão pede comando de ministérios, estatais e R$ 10 bi em emendas para aprovar pacote econômico
O novo presidente
Carlos Vieira Fernandes foi diretor da Funcef, fundo de pensão da Caixa, entre 2016 e 2019. Ele também já trabalhou na própria Caixa Econômica Federal.
Fernandes também foi secretário-executivo dos ministérios das Cidades e da Integração Nacional durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Em ambos os casos, os ministros responsáveis pelas pastas eram do PP.
Nota oficial
O governo divulgou nota oficial sobre a mudança. Veja abaixo:
Nomeação de novo presidente da Caixa Econômica Federal
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu nesta quarta-feira (24/10), com a presidenta da Caixa Econômica Federal, Rita Serrano, e agradeceu seu trabalho e dedicação no exercício do cargo.
Serrano cumpriu na sua gestão uma missão importante de recuperação da gestão e cultura interna da Caixa Econômica Federal, com a valorização do corpo de funcionários e retomada do papel do banco em diversas políticas sociais, ao mesmo tempo aumentando sua eficiência e rentabilidade, ampliando os financiamentos para habitação, infraestrutura e agronegócio.
Na gestão de Serrano foram inauguradas 74 salas de atendimento para prefeitos em todo o país, cumprindo um compromisso de campanha.
O governo federal nomeará o economista Carlos Antônio Vieira Fernandes para a presidência do banco, dando continuidade ao trabalho da Caixa Econômica Federal na oferta de crédito na nossa economia e na execução de políticas públicas em diversas áreas sociais, culturais e esportivas.
Secretaria de Imprensa
SECOM
source
Fonte: G1

Publicar comentário