×

EUA iniciam operação contra tráfico de fentanil na fronteira sul com o México

EUA iniciam operação contra tráfico de fentanil na fronteira sul com o México

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O governo dos Estados Unidos deu início nesta quinta-feira (26) a uma abrangente operação nacional para combater o tráfico e o fornecimento ilegal de fentanil e outras drogas sintéticas no porto de entrada de San Ysidro, no estado americano da Califórnia.
A “Operação Apolo” foi revelada pelo diretor interino de Alfândega e Proteção de Fronteiras (CBP), Troy Miller, que destacou a escolha de San Ysidro devido ao seu papel significativo, sendo responsável por 47% das apreensões de fentanil na fronteira com o México.
Miller enfatizou que a operação representa uma “atualização das estratégias anteriores” e baseia-se em tecnologia e cooperação entre agências de aplicação da lei. Xerifes de condados do sul da Califórnia se juntarão a agências federais na iniciativa coordenada pela CBP.
O diretor salientou a responsabilidade em preservar a segurança pública, mencionando que em 2022 mais de 107 mil americanos morreram de overdose, principalmente de fentanil.
Marisa Marín, diretora do posto fronteiriço de San Ysidro, descreveu a operação como um “esforço renovado e sustentado em parceria com outras agências de aplicação da lei contra o tráfico de precursores e fentanil”.
No ano passado, mais de mil quilos de fentanil foram apreendidos na fronteira de San Diego, mantendo-se semelhante este ano. A operação visa intensificar a vigilância contra o tráfico de fentanil, sem impactar significativamente os tempos de espera na fronteira.
San Ysidro é o porto de entrada mais movimentado do hemisfério ocidental, com mais de 50 mil motoristas e até 35 mil pedestres atravessando diariamente. O prefeito de San Diego, Todd Gloria, reconheceu a importância da Operação Apolo, destacando o aumento alarmante nas mortes por overdose de fentanil na região.
Em San Diego, houve 410 mortes este ano, comparadas a três há apenas alguns anos, enquanto no condado o total atingiu 800 mortes por overdose da droga. (Com Agência EFE)
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário