×

Israel afirma ter matado dois líderes de Hamas

Israel afirma ter matado dois líderes de Hamas

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Daniel Hagari, afirmou neste sábado (28) que dois líderes de Hamas responsáveis pelo comando aéreo e marítimo do grupo foram mortos nas últimas horas. “A eliminação deles representa um bom progresso nas fases da guerra e ajuda as forças a combater um inimigo enfraquecido”.
Um dos líderes seria Asem Abu Rakaba, que coordenou os membros de Hamas que invadiram o território israelense usando parapentes em 7 de outubro. Rakaba teria participado do planejamento do massacre nas comunidades vizinhas da Faixa de Gaza e sido responsável por usar drones para atacar as bases do exército de Israel.
O porta-voz das Forças de Defesa de Israel também afirmou que o país está “avançando nas fases da guerra” contra os terroristas do Hamas. Nas últimas horas, Israel tem atacado em Gaza por terra, mar e ar.
“As forças de infantaria, blindados, engenharia e artilharia estão participando das atividades, acompanhadas por bombardeios pesados”, disse Hagari. Em seu discurso para televisão, destacou que os soldados israelenses ainda estão lutando no enclave palestino.
Nesta sexta-feira (27), o Hagari já havia anunciado que haveria uma intensificação das operações terrestres na Faixa de Gaza no mesmo dia no período da noite. O porta-voz afirmou que, até o momento, nenhum soldado foi ferido.
Segundo Hagari, os objetivos do exército israelense são desmantelar o Hamas, proteger as fronteiras de Israel e garantir o retorno dos reféns sequestrados pelo grupo islâmico.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário