×

Galinhas modificadas podem limitar gripe aviária

Galinhas modificadas podem limitar gripe aviária

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

Cientistas da Universidade de Edimburgo, Imperial College London e do Instituto Pirbright  usaram edição genética identificar e alterar partes do DNA das galinhas que poderiam  limitar a propagação do vírus da gripe aviária em animais. Usando técnicas de edição genética, a equipe de cientistas criou as galinhas e alterou a seção do DNA responsável pela produção da proteína ANP32A, uma molécula que os vírus da gripe sequestram durante uma infecção para ajudar a replicar.

Quando galinhas editadas pelo gene ANP32A foram expostas a uma dose padrão da cepa H9N2-UDL  do vírus da gripe aviária, comumente conhecida como gripe aviária,  9 em cada 10 aves permaneceram não infectadas e não houve propagação para outras galinhas. Para testar ainda mais a sua resistência, os cientistas expuseram as aves com genes editados a uma dose artificialmente elevada do vírus da gripe aviária. Quando expostas à dose elevada, 5 em cada 10 aves foram infectadas . No entanto, a edição genética forneceu alguma proteção, uma vez que  a quantidade de vírus em galinhas infectadas com genes editados era muito inferior ao nível normalmente observado durante a infecção em galinhas sem genes editados .

A edição genética também ajudou a limitar a propagação do vírus  a apenas uma das quatro galinhas sem edição genética colocadas na mesma incubadora. Não houve transmissão para aves com genes editados. As descobertas constituem um passo encorajador, mas os especialistas sublinham que seria necessária mais edição genética para produzir uma população de galinhas que não possa ser infectada com a gripe aviária, uma das doenças animais mais dispendiosas do mundo.

Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário