×

Itabuna: Restaurante Popular deve ser reaberto nos próximos meses

Itabuna: Restaurante Popular deve ser reaberto nos próximos meses

A Prefeitura de Itabuna informou, nesta quinta-feira (26), que reabrirá, ainda neste ano, o Restaurante Popular, que foi fechado há meses para reforma e deveria ter voltado a funcionar em julho. O município alega que o atraso para a reabertura do equipamento ocorre por causa de ações de vândalos que furtaram fios e danificaram todo o sistema elétrico. Os bandidos também levaram torneiras, um compressor e um motor de um refrigerador industrial.
Os serviços para deixar o Restaurante Popular em condições de funcionamento inclui intervenções do teto, para conter as infiltrações, reposição do piso, além de reparo nas instalações elétrica e hidráulica e pintura externa e interna.
O Restaurante Popular tem capacidade para oferecer até 600 refeições diárias para a população em situação de vulnerabilidade social, ambulantes e trabalhadores do comércio. A empresa Célia Marina Dias dos Santos (J.S. Restaurante), de Vitória da Conquista, vencedora de a licitação, será responsável pelo fornecimento das refeições.

Com o histórico de incêndio, danos e furtos, o Restaurante Popular, na Rua São Vicente de Paulo, foi reaberto em 2013, após reparos nas instalações, sendo fechado novamente em 2015, devido um incêndio causado por ações de vândalos e depois definitivamente, em 2019, pela gestão anterior. Foi reaberto pela atual gestão, mas teve as atividades interrompidas para reforma.
Carolina Neves, bacharela em Direito e pós-graduanda em Direito Público, ministrou uma palestra abrangendo o eixo temático “Direito às Artes e Linguagens Digitais”.
Com essa finalidade a Uesc vai aplicar 400 mil reais para o custeio das propostas n o período 2023-2024
A Prefeitura de Itabuna promove, nesta terça-feira (31), às 10h, a solenidade de reinauguração da Unidade de Saúde da Família João Monteiro, localizada na Rua São Pedro, no…
A manifestação, feita no último dia 23 e divulgada ontem (30), também recomenda que todos os servidores assinem um termo de responsabilidade para a utilização dos cartões.
Conforme informações obtidas pela polícia, Marineide Bina de Souza teve um desentendimento com o marido na noite de sábado (28).
Conforme apuração da equipe de reportagem da TV Subaé, afiliada da TV Bahia na região, Marilene Carla Martins dos Santos apresentava marcas de violência na cabeça, nariz e em um dos lábios.
Receba as principais notícias em seu e-mail.

© 2023 Fale conosco: [email protected] | Whatsapp: (73) 9 9832-1595 | Todos os direitos reservados.

source
Fonte: G Bahia

Publicar comentário