×

Rússia lança mais de 30 drones kamikaze contra regiões de toda a Ucrânia

Rússia lança mais de 30 drones kamikaze contra regiões de toda a Ucrânia

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
A Rússia lançou na madrugada desta sexta-feira (3) um total de 38 drones kamikaze iranianos Shahed contra regiões do leste, centro, sul e oeste da Ucrânia, segundo relataram as autoridades militares de Kiev.
Metade desses drones foram abatidos pelas defesas aéreas ucranianas, o que, no entanto, não conseguiu impedir que alguns dos equipamentos alcançassem os seus alvos em várias regiões do país.
A cidade mais afetada foi Kharkiv, no nordeste do país. Segundo a polícia da região, pelo menos dez drones lançados pela Rússia atingiram infraestruturas civis. Uma instituição de ensino foi atingida e vários edifícios residenciais e administrativos foram danificados.
Os drones também atingiram cinco “infraestruturas críticas” na região ucraniana de Lviv, localizada no oeste do país e uma das mais distantes da frente de batalha, segundo disse o chefe da administração militar da área, Maksim Kozitski.
Kozitski também explicou que um total de 11 drones russos foram interceptados na região de Lviv.
Em Odessa, no sul da Ucrânia, o chefe da administração militar, Oleg Kiper, relatou “impacto” em infraestruturas não especificadas.
Além disso, as defesas ucranianas abateram dois drones Shahed sobre a região de Odessa, acrescentou Kiper.
As respectivas autoridades regionais também relataram explosões em Dnipropetrovsk (centro) e Khmelnitsky (oeste).
Além de abater 24 Shaheds, as defesas ucranianas também interceptaram na noite passada um míssil Kh-59, segundo informou hoje a Força Aérea da Ucrânia.
O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, alertou após este ataque massivo sobre a possibilidade de um aumento destas ações por parte da Rússia à medida que o inverno se aproxima.
Zelensky também elogiou as forças aéreas pelo trabalho na derrubada de mísseis e explicou que a Ucrânia está trabalhando para melhorar suas defesas aéreas. (Com agência EFE)
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário