×

TSE aprova criação do PRD, partido que funde PTB e Patriota

TSE aprova criação do PRD, partido que funde PTB e Patriota

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta quinta (9) a criação do Partido Renovação Democrática (PRD), a partir da fusão entre o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e o Patriota. A decisão dos ministros foi unânime com base no voto de Cármen Lúcia, que relatou o processo na Corte.
A ministra aceitou a fusão dos dois partidos em um processo que começou ainda no ano passado, quando as legendas sugeriram o nome Mais Brasil e realizaram uma convenção nacional no dia 26 de outubro de 2022 – dias depois das eleições. Na época, as agremiações ficaram ameaçadas de deixarem de existir por não atingirem o limite mínimo de votos válidos para a Câmara dos Deputados exigido pela cláusula de barreira.
O fundo eleitoral também seria afetado pelo desempenho na eleição, o que levou os dois partidos a entrarem com uma ação no TSE para assegurar os recursos.
Cármen Lúcia aceitou o pedido de fusão com a mudança do nome proposto inicialmente para a nova nomenclatura e a liberação do fundo partidário. “Houve a comprovação de que tinha cinco deputados eleitos, [tendo] direito portanto ao período de veiculação de propaganda [partidária], os requerimentos foram apresentados”, escreveu na decisão.
Segundo a magistrada, a Procuradoria-Geral Eleitoral também apresentou parecer favorável à fusão do PTB e do Patriota, afirmando que impugnações pedidas por alguns membros do partido durante o processo não afetariam a criação da nova legenda. O PRD vai atuar com o número 25 nas urnas.
“Com base no artigo 29 da Lei 9.096 [Lei dos Partidos Políticos], voto pelo deferimento da fusão e da alteração nominal solicitada para que o partido passe a se chamar Partido Renovação Democrática (PRD)”, completou a ministra sendo seguida pelos outros magistrados da Corte.
Em nota, os presidentes do PTB e do Patriotas comemoraram a decisão. “Nasce um partidos de centro que tem como essência a defesa da democracia… A partir de agora juntos vamos trabalhar para construir um novo partido que respeita os Poderes constituídos, tem confiança nos seus membros e no nosso Brasil”, diz o comunicado.
Um dos membros do Patriotas da cidade de Ubatuba (SP), o empresário Vinícius Vasconcelos, disse que o partido ficou “ainda maior e mais estruturado” com a fusão. “Em razão do resultado nacional do Patriota ter sido superior ao do PTB nos estados e nos municípios, no número de cadeiras, estaremos abraçando o PTB e hoje somos uma única família”, disse em um vídeo nas redes sociais.
Na eleição de 2022, o Patriota elegeu quatro deputados federais, enquanto que o PTB apenas 1. Pelas regras eleitorais, os partidos precisam elegem pelo menos 11 parlamentares em 9 estados ou obter, no mínimo, 2% dos votos válidos em 9 estados.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: G Bahia

Publicar comentário