×

Cinco militares israelenses ficam feridos após ataques de terroristas do Líbano

Cinco militares israelenses ficam feridos após ataques de terroristas do Líbano

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
As Forças de Defesa de Israel (FDI) relataram nesta sexta-feira (10) que cinco de seus militares ficaram feridos após terem sido alvos de ataques realizados por grupos terroristas no Líbano. Três soldados foram atingidos por mísseis antitanque que atingiram um posto militar israelense, enquanto outros dois foram feridos devido à queda de um “dispositivo aéreo hostil”.
Em resposta a isso, as FDI anunciaram que retaliaram os terroristas realizando novos ataques na região sul do território libanês, próximo à fronteira entre os dois países.
Os confrontos ocorrem após mais de um mês de intensos combates entre as tropas israelenses, terroristas palestinos e o grupo terrorista libanês Hezbollah. A situação se agravou um dia após o início do conflito entre Israel e o grupo terrorista Hamas na Faixa de Gaza, em 7 de outubro.
O aumento da tensão representa o período mais crítico no norte de Israel e no sul do Líbano desde a guerra de 2006 entre as forças israelenses e o Hezbollah. Além do Hezbollah, Israel também tem enfrentado combatentes palestinos no Líbano associados ao Hamas e à Jihad Islâmica.
Todos esses grupos fazem parte do chamado “Eixo de Resistência” e são aliados do Irã, considerado o principal inimigo de Israel e financiador dos terroristas.
Desde o início do atual conflito, pelo menos 90 pessoas morreram na região de fronteira, com nove mortes em Israel, incluindo sete soldados e dois civis. No Líbano, o número de mortos chega a 81, incluindo mais de 70 membros do Hezbollah, oito membros de grupos terroristas palestinos e 13 civis.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte: Gazeta do Povo

Publicar comentário