×

Nova alta para a soja em Chicago

Nova alta para a soja em Chicago

Ou entre pelo seu:

Facebook ou Google

Na Bolsa de Chicago a soja fechou em nova alta com clima no Brasil, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para janeiro24, a próxima data negociada nos EUA, fechou em alta de 2,60 %, ou $ 35,00 cents/bushel a $ 1382,50”, comenta.

“A cotação de maio24, referência para a safra brasileira, fechou em alta de 2,44 % ou $ 33,50 cents/bushel a $ 1405,00. O contrato de farelo de soja para dezembro fechou em alta de 4,38 % ou $ 19,7 ton curta a $ 469,1 e o contrato de óleo de soja para dezembro fechou em alta de 0,66 % ou $ 0,34/libra- peso a $ 51,54”, comenta.

No Sul do Brasil a soja subiu
Os fatores dominantes nas mesas dos operadores norte-americanos são o clima no Brasil e a demanda chinesa pelo grão americano. “Os extremos climáticos no Brasil, com a maior seca dos últimos 30 anos no centro e norte do país e chuvas persistentes na região sul, estão atrasando o plantio. Esse fator está sendo acompanhado de perto pelo mercado, que já aposta em uma possível redução de safra no Brasil. O clima seco também está travando parte da nossa logística no arco-norte, o que está levando os compradores chineses a buscar grãos nos EUA”, indica.

“Nesse sentido, o USDA 204 mil toneladas de soja para o país asiático nesta segunda. Em seu relatório semanal, o Departamento Americano informou 1,67 milhão de toneladas de soja foram inspecionadas para exportação em portos dos EUA na semana até 9 de novembro, queda de 23,66% ante a semana anterior e abaixo da expectativa do mercado”, informa.

O USDA informou, no final da tarde dessa segunda-feira, que a colheita nos 18 estados
listados alcançou 95% a área pretendida colhida, ante 91% da semana passada, 96% do ano anterior e acima dos 91% da média histórica.
Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O Portal do Conteúdo Agropecuário.

Aguarde….


Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário