×

“É muito difícil fazer os ricos pagarem imposto”, diz secretário da Receita Federal

“É muito difícil fazer os ricos pagarem imposto”, diz secretário da Receita Federal

Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
O Sua Leitura indica o quanto você está informado sobre um determinado assunto de acordo com a profundidade e contextualização dos conteúdos que você lê. Nosso time de editores credita 20, 40, 60, 80 ou 100 pontos a cada conteúdo – aqueles que mais ajudam na compreensão do momento do país recebem mais pontos. Ao longo do tempo, essa pontuação vai sendo reduzida, já que conteúdos mais novos tendem a ser também mais relevantes na compreensão do noticiário. Assim, a sua pontuação nesse sistema é dinâmica: aumenta quando você lê e diminui quando você deixa de se informar. Neste momento a pontuação está sendo feita somente em conteúdos relacionados ao governo federal.
O secretário da Receita Federal, Robinson Barreirinhas, afirmou nesta segunda-feira (13) que é muito difícil fazer ricos pagarem impostos no Brasil. Barreirinhas ressaltou que se refere a quem não produz, pessoas que “nunca trabalharam”, vivem de renda e “pagam menos imposto que um professor”. Ele defendeu a aprovação de medidas que promovam a justiça tributária.
“É muito difícil fazer os ricos pagarem imposto, quem tem mais condição de pagar imposto… Eu não estou falando de quem produz, estou falando de quem não produz, pessoas que, muitas vezes, nunca trabalharam na vida, vivem de renda e pagam menos imposto que um professor, qual é a justiça disso?”, disse o secretário durante o Congresso Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita.
A equipe econômica tem trabalhado em propostas para aumentar a arrecadação. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, defende a meta fiscal de déficit zero em 2024, entretanto, a ala política do governo Lula quer flexibilizar a meta. Barreirinhas criticou o corte de recursos em áreas como a saúde para atingir a meta.
“Cortar a merenda, cortar medicamentos para atingir a meta fiscal é fácil, difícil é fazer rico pagar imposto. Nós invertemos essa lógica. E é difícil mesmo… Não é nem uma questão de quanto vai ser arrecadado. É uma questão de justiça. Nós devemos isso à população brasileira. Temos que avançar na justiça fiscal”, afirmou.
Máximo de 700 caracteres [0]
Apenas assinantes podem salvar para ler depois
Saiba mais em Minha Gazeta
Você salvou o conteúdo para ler depois
As notícias salvas ficam em Minha Gazeta na seção Conteúdos salvos. Leia quando quiser.
Encontre matérias e conteúdos da Gazeta do Povo
Carregando notificações
Aguarde…
Os recursos em Minha Gazeta são exclusivos para assinantes
Saiba mais sobre Minha Gazeta »

source
Fonte Gazeta do Povo

Publicar comentário