×

Soja fecha em queda em Chicago

Soja fecha em queda em Chicago

Esta é a décima semana consecutiva que a oleaginosa fecha com resultados negativos
Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
Na Bolsa de Chicago, a soja fechou o dia e a semana em queda com grande volume de vendas externas canceladas, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “O contrato de soja para março24, a próxima data negociada nos EUA, fechou em baixa de -1,29%, ou $ -14,75 cents/bushel a $ 1133,00”, comenta.

“A cotação de maio24, referência para a safra brasileira, fechou em baixa de -0,93 % ou $ -10,75 cents/bushel a $ 1141,75. O contrato de farelo de soja para março fechou em baixa de-1,02%ou $ -3,4 ton curta a $ 331,5 e o contrato de óleo de soja para março fechou em baixa de -0,43 %ou $ -0,19/libra-peso a $ 44,02”, completa.
Esta é a décima semana consecutiva que a oleaginosa fecha com resultados negativos. “A queda desta sexta-feira foi reflexo da baixa demanda pelo grão americano. “As vendas externas semanais ficaram e 55,9 mil toneladas para a safra 23/24, o menor volume relatado para o ano comercial”, indica.
“A semana foi marcada pelo grande volume de vendas canceladas, 591,7 mil toneladas com destino não revelados (normalmente a China) tiveram seus contratos rompidos. Com isso a soja fechou a semana em queda de -7,30% ou $ 89,25 cents/bushel. O farelo de soja acumulou perda de -9,99% ou $ -36,80 ton-curta. O óleo de soja caiu -4,35% ou $-2,00 libra/peso”, informa.

“As reservas semanais de soja foram o mínimo do novo ano de comercialização, de apenas 55.919 toneladas. O mercado esperava pelo menos 300 mil MT vendidos na semana até 15/02. O total de compromissos para a temporada agora está 20% abaixo do ritmo do ano passado. As vendas de farelo de soja chegaram a 202 mil MT na semana, o que estava em linha com as estimativas e perto da venda da semana passada. O relatório semanal também teve 5 mil toneladas de vendas de óleo de soja”, conclui.
 
2023, Todos os direitos reservados
Faça o cadastro GRATUÍTO e tenha acesso a milhares de informações relevantes do Agronegócio, e entre na maior comunidade do Agropecuária do Brasil.
Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário