×

Chuvas e cigarrinha: Conab revela desafios no plantio do safrinha em cada estado

Chuvas e cigarrinha: Conab revela desafios no plantio do safrinha em cada estado

Semeadura está adiantada em alguns estados, mas chuvas e cigarrinha exigem atenção
Estimado usuário.
Preencha o formulário abaixo para remeter a página.
O boletim semanal de monitoramento da Conab traz um panorama detalhado da situação das lavouras de milho safrinha em diferentes regiões do Brasil. Como as chuvas frequentes em Mato Grosso e Paraná que impulsionam o desenvolvimento das lavouras, mas exigem atenção dos produtores.

Em Mato Grosso, mesmo com a maior frequência das chuvas, condição potencialmente adversa, não impediu o avanço da semeadura, que prosseguiu com resultados positivos. As lavouras na região têm mostrado um desenvolvimento favorável.
No Paraná, as chuvas recentes contribuíram positivamente para o armazenamento de água no solo, um fator crucial para a agricultura no estado. No entanto, essa mesma precipitação resultou em uma diminuição na velocidade de semeadura, destacando um desafio operacional que os agricultores precisam gerenciar.  
Mato Grosso do Sul enfrenta uma situação onde a baixa disponibilidade de água no solo tem atrasado a semeadura. Apesar desse contratempo, as lavouras que conseguiram ser plantadas estão se desenvolvendo bem.  
Em Goiás, o plantio de milho safrinha segue em ritmo acelerado, com as lavouras apresentando um bom desenvolvimento.  
Minas Gerais registra um progresso contínuo na semeadura, embora esteja enfrentando desafios com a presença de cigarrinha nas lavouras. A cigarrinha representa uma ameaça significativa para o desenvolvimento saudável das plantações, exigindo vigilância e manejo adequado. 
No Tocantins e no Maranhão, o plantio avança, com a região Sul do MA também reportando progresso na semeadura. Já no Pará, o início do plantio foi registrado nas regiões de Redenção e na área da BR-163, marcando o começo da safra de milho safrinha na região.

Progresso da Safra
Semana de 19 a 25 de fevereiro de 2024.
Percentual da área semeada nacional: 59%


Fonte: Conab
O avanço do plantio está 10,3% mais adiantado do que a safra anterior, com o percentual de pelo menos 59% das lavouras em campo, frente aos 48,7% do mesmo período na safra 2022/23. Parte desse adiantamento pode ser atribuído à um ciclo da soja mais adiantado.
Um dos estados mais adiantados nas operações, é o Paraná, 40 pontos percentuais à frente do mesmo período da safra anterior.

Fonte: Conab. Elaboração: Agrotempo
2023, Todos os direitos reservados
Faça o cadastro GRATUÍTO e tenha acesso a milhares de informações relevantes do Agronegócio, e entre na maior comunidade do Agropecuária do Brasil.
Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.

source
Fonte: Agrolink

Publicar comentário